Logo Novo Jornalismo

A importância da blogosfera na relação assessoria de comunicação/ veículos de comunicação

 

Você conhece alguém que não tenha um blog? Se bobear, até seu papagaio tem um. Procurando no Google pela palavra-chave blog, a busca retorna 3.270.000.000 de resultados (mais de três bilhões). Uau! É claro que haverá blogs com múltiplas páginas indexadas, domínios que replicam conteúdo e outros que não são mais atualizados, mas mesmo assim o número é monstruoso.

E alguns deles não só são referência em seus nichos, como pautam portais de notícias, ou seja, tem muito blogueiro que é formador de opinião. E não é preciso estudar jornalismo para isso. Há pessoas que dominam determinados assuntos e fazem blogs com conteúdos muito relevantes, devido ao conhecimento e paixão que têm por culinária, turismo, cinema, música etc.

Por este motivo, a blogosfera se tornou essencial em estratégias de assessoria de comunicação.

Estude este artigo, pois você vai saber, entre outras coisas, mais sobre:

  • Como o assessor de comunicação deve filtrar os blogs mais indicados para trabalhar pautas de seus clientes
  • Técnicas de pesquisa avançada no Google (footprints)
  • Maneiras ideais de se abordar um blogueiro
  • Relacionamento com a blogosfera
  • Comunidade de blogueiros

A importância da blogosfera na relação assessoria de comunicação/ veículos de comunicação

Como separar o joio do trigo

Qualidade é melhor do que quantidade. Esse ditado se aplica perfeitamente ao filtro que é necessário fazer ao dar início a um projeto de assessoria de comunicação. Com essa infinidade de blogs na rede, é preciso selecionar com quais se iniciará um relacionamento, ou para quais de seus contatos você enviará material de determinado cliente.

Existem algumas características em comum que fazem um blog ser especial, é preciso estar atento a elas. E, além disso, é muito importante abordar blogs do nicho de atuação de seu cliente. Não adianta inserir em seu planejamento de mídia blogs que falem sobre direito tributário se seu projeto é da área de medicina, por exemplo. É preciso ter foco.

Entre as características mais relevantes que precisam ser levadas em conta ao fazer a seleção de blogs com os quais irá trabalhar, analise estes aspectos:

  • Atualização frequente – O blog tem novos artigos publicados constantemente?
  • Conteúdo inédito – Os posts são de autoria própria e não utilizam material copiado de outros veículos?
  • Relevância – Os artigos, além de serem inéditos, aprofundam o tema, são bem escritos e fundamentados?
  • Autoridade – O blog, e/ou seus autores, são referência no seu segmento de atuação?
  • Índices sociais – Os leitores compartilham os artigos nas redes sociais?

Se os blogs que você analisar responderem positivamente todos estes quesitos acima, com certeza terão uma audiência qualificada, que pode ser cliente em potencial de seu cliente.

E se você ainda não tiver uma mailing list com contatos de blogueiros de referência nos nichos de atuação com os quais seus clientes atuam? Vamos mudar esse panorama! Nos tópicos a seguir você verá técnicas para formar uma boa base de contatos!

Técnicas de footprints

Há comandos de busca avançada no Google, com os quais é possível especificar os resultados desejados, inclusive filtrando por blogs e palavras-chave específicas. Confira estes exemplos:

  • “keyword” blogs
  • “keyword” inurl:blog
  • “keyword” powered by wordpress
  • Blog inurl:keyword

Para fazer pesquisas personalizadas, substitua o termo keyword por palavras-chave referentes ao nicho que você pretende se inserir. Por exemplo, vamos supor que você queira formar uma mailing de blogs da área de cinema. No último footprint apresentado, você faria a busca no Google desta maneira:

Footprint cinema Google

Teste buscas com palavras-chave de seu nicho de atuação e me diga se não é bastante útil essa técnica! 🙂

Está gostando do artigo até agora? Para você ficar sabendo em primeira mão dos novos posts e das novidades do projeto Novo Jornalismo, clique no botão abaixo e assine a newsletter.
 

diHITT, comunidade de notícias de blogs

O diHITT pode ser considerado uma comunidade de notícias de blogs, organizado por categorias de assuntos (as mais diversas!) e repleta de formadores de opinião. Apesar de ser muito conhecido na blogosfera, o site ainda não é plenamente aproveitado por assessores de comunicação. Em todos os projetos nos quais utilizei o diHITT como ferramenta de montagem de mailing e relacionamento com blogueiros, obtive um retorno muito positivo. Recomendo a utilização deste site!

Página inicial do diHITT

Dicas de contatos com blogueiros

Após fazer o levantamento de blogs, chega a hora do contato. Existem diversos tipos de abordagens para se iniciar um relacionamento, e isso vale para o trabalho do assessor de comunicação com os blogueiros, pois o sucesso de seus contatos se resume a criar um bom canal de relacionamento. Vamos ver algumas práticas importantes a serem seguidas:

O que fazer em contatos com blogueiros

    • Conheça os blogs que serão abordados:

Antes de contactar os blogs selecionados em seu planejamento, leia de forma aprofundada o conteúdo de cada um, entenda qual a linha editorial seguida pelos blogueiros, se familiarize e seja leitor.

    • Crie uma abordagem personalizada:

E-mails em massa, sem personalização alguma, não atraem a atenção dos blogueiros. Procure saber o nome do responsável pelas publicações de cada blog, se dirija a ele de forma pessoal, isso cria uma relação mais próxima e rompe barreiras em um primeiro contato.

    • Seja educado e cordial:

Já vi muitos casos em que assessores fazem abordagens agressivas, como se o blogueiro fosse obrigado a publicar seu material, ou propostas de parceria com vantagens apenas para o assessor e seu cliente… Isso não dá certo. É preciso valorizar o blogueiro, entender que a relação precisa ser benéfica para ambos os lados.

    • Ofereça exclusividade:

Prepare material exclusivo para blogs que sejam interessantes. É mais válido ter posts inéditos publicados de forma aprofundada, com variedade de informações, em vez de ter releases reproduzidos de forma artificial, como se fosse a linha de produção de uma fábrica. Informação deve ser tratada como tal, e não simplesmente como um produto. E na hora de montar o clipping isso faz bastante diferença para o cliente.

    • Mantenha contato:

O blogueiro publicou seu release ou fez um artigo baseado no material enviado? Legal, seu objetivo foi alcançado! Mas o relacionamento acaba por aí? Não! Continue em contato, o blogueiro não é apenas mais um número em seu clipping, mantê-lo perto pode render bons frutos no futuro. 😉

Leia o artigo até o final e confira entrevistas com profissionais da área de comunicação e blogueiros de referência, que dão dicas imperdíveis de relacionamento entre assessores de comunicação e a blogosfera!

Mas, e como controlar os contatos?

Muitos profissionais não fazem um controle de contatos, apenas mantêm um documento com a mailing list. É importante segmentar sua lista, além de ter uma planilha contendo o histórico de relacionamento com cada veículo. Isso facilita bastante! Confira abaixo um modelo que utilizo que funciona muito bem (clique na imagem para ver em tamanho maior).

Modelo de planilha de assessoria de comunicação

Organize seu follow up

Muitas vezes é necessário um contato mais pessoal entre assessores e mídia, e isso faz toda a diferença, pois o relacionamento se torna mais pessoal e menos frio do que com contatos apenas por e-mail. Sem contar que há blogueiros que recebem dezenas, ou até centenas, de e-mails por dia. Já vi muitos casos em que sugestões de pautas só foram publicadas após um contato telefônico, pelo simples fato de que o blogueiro não viu o e-mail. Portanto, inclua no seu controle de contatos a prática do follow up.

Eventos com blogueiros

Assim como são feitas coletivas de imprensa com veículos tradicionais de comunicação, já existem assessorias que fazem eventos exclusivos para blogueiros. O primeiro contato que tive com esta técnica foi quando eu cobria eventos relacionados a cinema para o blog Cinema na Rede.

Antes dos filmes estrearem em circuito comercial, as assessorias e distribuidoras fazem cabines de imprensa para jornais, revistas e blogs especializados. Mas a Primeiro Plano, assessoria especializada em filmes nacionais, começou a fazer cabines exclusivas para blogueiros, algumas até antes das cabines para a mídia tradicional. Uma excelente iniciativa!

Os meetups com blogueiros também têm se tornado cada vez mais frequentes, pois aproximam o cliente do nicho de blogs da sua área de atuação. Portanto, vale a pena investir no planejamento de comunicação estes tipos de relacionamento e eventos exclusivos com blogueiros.

Diferença entre espaços editorial, publieditorial e publicitário

Assim como nos veículos tradicionais de comunicação, os blogs profissionais também têm separação de espaços editorial, publieditorial e publicitário. Há muitos blogueiros, inclusive, que não trabalham com cessão de espaço editorial. É preciso respeitar essa decisão, pois nenhum blog é obrigado a publicar releases (ainda tem assessores que agem como se fosse, e é preciso mudar essa postura).

  • Espaço editorial: Área de artigos do blog.
  • Espaço publieditorial: A área editorial também pode trabalhar com posts patrocinados, como artigos de promoção ou review de determinado produto, por exemplo. Neste caso, eticamente, é preciso deixar claro para o leitor que se trata de um post publieditorial.
  • Espaço publicitário: Geralmente formado por banners de publicidade, é preciso pagar por cliques ou impressões pelo uso do espaço.

Na minha carreira, eu sempre estive nos dois lados da relação, pois atuo como assessor de comunicação e também sou blogueiro. Mas, para entender ainda mais profundamente esse relacionamento, conversei com profissionais das áreas de assessoria de imprensa e comunicação, assim como com blogueiros de referência em seus nichos de atuação. Confira abaixo!

Opiniões de Profissionais de Comunicação

Roberto Cunha

Membro da #ACCRJ (Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro) e da #ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema)

Roberto Cunha, membro da #ACCRJ (Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro) e da #ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema)O pessoal da assessoria de imprensa procura sempre cumprir seu papel de obter visibilidade para seus clientes e, muitas vezes, o conteúdo divulgado por eles é de interesse do veículo, seja ele um blog, site etc. Sob esse aspecto, ganha a assessoria que obteve “espaço” para seu cliente e ganha o veículo que divulga uma nova “informação” sobre algo que acredita interessar a seus leitores.

Existem alguns caminhos percorridos pelas assessorias. O mais básico é o tradicional mailing disparado aos montes Brasil afora. Nesse caso, o ponto da qualidade é de vital importância, porque se um eventual erro não é percebido na outra ponta (o que também é triste), ele irá se propagar e, muitas vezes, de forma exponencial. Um outro caminho pode ser o contato telefônico, que serve para aparar muitas arestas e se obter mais informações, muitas vezes, em primeira mão.

Se você trabalha em um veículo específico e recebe conteúdo totalmente fora do contexto de sua publicação – e isso acontece muito – é natural que não dê atenção e pode acontecer de não responder ao contato.

Os contatos meramente comerciais, daqueles que forçam a barra mesmo, objetivando a qualquer custo obter um espaço, são desagradáveis. Aí, cabe a você procurar manter um limite. Na minha visão, o ideal é identificar uma boa informação e trabalhar ela para o seu leitor fazer uso dela. Assim, todos saem ganhando: assessoria, cliente, veículo e leitor. 😉

Marco Ribeiro

#BrazucahProduções

Marco Ribeiro, sócio da Brazucah ProduçõesSem dúvida a blogosfera é de grande relevância atualmente. A melhor forma de acessar o blogueiro é oferecendo informações relevantes e também pensar em conteúdos exclusivos para esses meios.

Entendo que o blogueiro não responde quando a informação ou conteúdo não interessam a ele. Por exemplo, e-mail marketing com conteúdos genéricos, propostas de parcerias rasas ou mal pensadas.

A grande dificuldade de se trabalhar na blogosfera é não ter um plano de comunicação. Ou você dá conta de abranger uma grande quantidade de veículos ou sua audiência será muito baixa, visto a audiência fragmentada nos veículos digitais.

Gabriela Anastacia

#GamarcAssessoriaDeComunicação

Gabriela Anastacia, fundadora da Gamarc Assessoria de ComunicacaoOs blogueiros são muito exigentes, arrisco a dizer que até mais que os repórteres. Eles precisam tornar os veículos deles um espaço único, atraente e, acima de tudo, manter a audiência e credibilidade de seus seguidores. Já estão cientes da força e importância que um blog bem trabalhado pode alcançar.

O mais adequado para tentar ganhar a confiança e espaço é tentar dar a eles o que querem, exclusividade! Não adianta fazer um release padrão e disparar, porque dificilmente será publicado. É preciso dedicar um pouco de tempo e elaborar um texto personalizado de acordo com o tema do blog. Quando possível sugerir alguma nota exclusiva. Isso também facilita a publicação e blogueiros adoram.

A Comunicação no Brasil está passando por um momento muito delicado. Não digo apenas a polêmica em torno da extinção do jornal impresso (o que na minha concepção dificilmente acontecerá), a crítica ao conteúdo da mídia tradicional ou redações enxutas. Falo do cidadão que não se contenta apenas em ter uma linha de pensamento. Hoje, o cara acorda pela manhã, lê o jornal, depois dá uma olhada nas redes sociais, faz a leitura dos seus blogs de preferência, procura várias opiniões para criar a sua.

Opiniões de Blogueiros Profissionais

Geórgia Honório

#365DiasViajando

Geórgia Honório, fundadora do blog 365 Dias ViajandoQuando criei o blog nunca imaginei torná-lo algo rentável, muito menos que fosse crescer tanto e ter a proporção que tem hoje. Os primeiros contatos publicitários foram surgindo e fui aprendendo a conhecer um mundo que até então era totalmente desconhecido.

Hoje possuo uma parceria fixa com 8 agências, sendo que muitas dessas parcerias são de anos e já recusei realizar campanhas por não me identificar com o produto, ou por ter tido uma experiência ruim com ele.

A melhor forma de contato é sempre ser transparente e claro, ter respeito com quem está do outro lado, afinal o que antes era uma brincadeira hoje se tornou profissão. Recebo centenas de e-mails por mês de assessoria de imprensa enviando “notas” sem ter feito um contato anterior, se apresentado, nesses casos costumo ignorar.

Darlan Helder

#ZippCar

Darlan Helder, fundador do blog ZIPP CARO mercado gosta de coisas inovadoras, com a internet você pode criar muitas coisas para ganhar dinheiro.

Vou dar umas dicas importantes para quem quer ganhar dinheiro com blogs: tenha credibilidade, criatividade e responsabilidade para atualizar sempre o blog; é isso que as empresas buscam. Um meio de publicidade que vem ganhando destaque no mercado de monetização são as promoções e Concursos Culturais entre blogs e empresas.

Sem dúvidas, as assessorias de imprensa se beneficiam muito da inserção na blogosfera. Se você parar para pensar, nós, blogueiros, estamos fazendo o comercial deles, divulgando releases, por exemplo. Mas é muito bom ter esse tipo de relação, pois você é sempre informado primeiro do que todo mundo e ainda ganha entrada VIP em eventos de lançamentos.

Alan Barcelos

#NivelÉpico

Alan Barcelos, fundador do blog Nível ÉpicoSe a abordagem for invasiva (um primeiro contato direto no meu e-mail pessoal, por exemplo), eu posso responder ou não, mas depende da situação. Em geral, tento ser educado e cordial, e respondo os e-mails na medida do possível e de acordo com sua importância. Não gosto é de falta de educação e cordialidade.

Entendo que ambos os canais (blogs e assessorias) se beneficiam do espaço editorial. Cooperamos com as assessorias na troca de informações quando possível. Publicamos as informações no blog de acordo com a relevância do assunto e também considerando se o assunto se enquadra na proposta do blog.

Leonardo Torres

#Fala,Leonardo

Leonardo Torres, fundador do blog Fala, Leonardo

Não sou favorável à publicação de releases, porque os blogs não são um espaço de escoamento automático para as assessorias. Os releases servem como sugestões de temas a serem abordados em posts. Assim funciona no meu blog.

Acho a abordagem mais legal quando a assessoria conhece o blog, sabe sobre o que ele trata, além de como trata, e propõe algo específico para ele. Quando são releases que não abordem os assuntos que eu trate, ou releases quase publicitários, ignoro o contato.

Tiago Canavarros

#CartazDaCultura

Tiago Canavarros, fundador do blog Cartaz da CulturaSó posto no blog assuntos que rendem uma notícia boa. Quando vejo que o release enviado é apenas uma nota, por exemplo, publico na fanpage do Facebook. Entendo que a assessoria de comunicação possui os seus clientes, portanto é imprescindível que eles transmitam informações relevantes aos blogueiros. Quando os releases são postados no blog, é sinal que a assessoria conseguiu atingir a meta. Ambos se beneficiam.

Toda abordagem precisa ser com educação, é claro. E também quando há uns três pontos com frases curtas que sintetizam o que o release quer enfatizar. Facilita muito para a gente. Não gosto de receber releases em e-mails com o assunto “sugestão de pauta” e muito menos quando o conteúdo textual repete à exaustão o nome do cliente.

Pedro Amorim

#EstaçãoIndoor

Pedro Amorim, blogueiro do Estação IndoorEu acredito que ambos se beneficiam com esta relação, tanto a assessoria, com a divulgação de trabalhos e conhecimento geral, como para o blogueiro, que recebe novos acessos e torna-se material de pesquisa.

A maioria das assessorias ainda não entende que nós somos “clientes” deles. Acham que só por mandar um release, eu preciso publicar, simplesmente porque lhe convém. Creio também que a abordagem devia ser mais personalizada.

Às vezes, por exemplo, a nota que ele envia para um veículo de grande porte é a mesma que ele envia para mim. E eu, que sempre publico, não tenho o mesmo tratamento que o outro tem. É claro, que, no exemplo dado, a repercussão vai ser mais rápida no neste veículo de grande porte, porém ele é um release em milhares. É o pensamento pequeno de achar que um “tiro” só irá resolver, e não a continuidade.

Conclusão

O objetivo deste artigo foi demonstrar a importância da blogosfera na relação assessoria de comunicação/ veículos de comunicação. Espero que você tenha gostado do conteúdo e que ele seja útil em seu trabalho. Um abraço e até a próxima!

Comentários do Facebook

Deixe o seu comentário

julho 4th, 2014

Posted In: Assessoria de comunicação

3Comentários


close
Facebook IconTwitter IconVisite o perfil do google+Visite o perfil do google+
%d blogueiros gostam disto: