Como fazer seu telefone Android carregar mais rápido

Por mais que a tecnologia dos smartphones tenha avançado na última década, carregar alguns telefones Android ainda pode parecer glacial – especialmente quando você está prestes a sair para o trabalho, a escola ou uma viagem e se esqueceu de carregar durante a noite. Quando a velocidade é essencial, há uma série de táticas que você pode implementar para fazer com que os telefones Android carreguem mais rápido, embora você ainda possa querer uma atualização de hardware.

Como fazer seu telefone Android carregar mais rápido

Rita El Khoury / Autoridade Android

Da mesma forma que fazer dieta e aumentar o volume tem a ver com calorias ingeridas versus calorias eliminadas, carregar mais rápido tem a ver com entrada de energia versus perda de energia. Nesta seção principal, ofereceremos dicas que não exigem a compra de nada novo – o que importa é maximizar a eficiência.

1. Use carregamento com fio

O carregamento com fio é inevitavelmente mais rápido que o sem fio. A maioria dos telefones Android só consegue atingir seu pico de potência por meio de USB-C, frequentemente ultrapassando 20W. Compare isso com o carregamento sem fio, que geralmente é limitado a 10 a 15W. Até o Pixel Stand do Google atinge o máximo de 23 W, e isso apenas com telefones Pixel compatíveis. Alguns telefones Samsung podem atingir 45 W via USB e, se você tiver sorte o suficiente para ter acesso, o Realme GT 3 consegue colossais 240 W. Em teoria, isso pode levar você de 0 a 100% em menos de 10 minutos.

USB-C também tende a ser mais confiável. Os carregadores sem fio exigem um alinhamento perfeito da bobina para serem (razoavelmente) eficientes, e sempre há o risco de que um impacto tire o telefone do lugar ou desligue totalmente o carregador. A tecnologia de travamento magnético do Qi2 promete ajudar, mas o USB-C ainda reina supremo.

2. Desligue seu telefone (se puder)

A melhor maneira de minimizar o consumo de energia é desligar completamente o telefone. Ele ainda deve carregar a toda velocidade, portanto, quando você estiver conectado a um carregador adequado (veja a próxima seção), não haverá cenário mais rápido.

A desvantagem, claro, é que você abandona a capacidade de verificar o progresso do carregamento, muito menos de usar aplicativos ou ler notificações. Por esse motivo, algumas pessoas vão querer pular esta opção, e sugerimos fortemente que você faça isso quando estiver preocupado com mensagens críticas do trabalho ou da família.

3. Use uma tomada de parede, não um banco de energia ou computador

Simplificando, esta é a única forma de garantir velocidades de carregamento com fio. Embora as conexões USB 3.xe 4.x suportem saída muito alta se estiverem equipadas para USB-PD, até 240 W, é improvável que você obtenha essa intensidade nas portas USB de um computador ou na maioria dos bancos de energia portáteis. Há exceções, como o Anker Primemas é só isso – não contaríamos com isso.

4. Coloque seu telefone no modo de baixo consumo de energia

Se você não pode desligar o telefone ou simplesmente não quer, a próxima melhor coisa é colocá-lo no modo de baixo consumo de energia. Em muitos dispositivos Android, essa opção é chamada de Economia de bateria, mas seu rótulo pode ser diferente no seu caso.

Dependendo do seu telefone, a opção fará coisas como desligar a tela mais rapidamente, reduzir a atividade de sincronização em segundo plano, mudar de 5G para 4G e/ou restringir aplicativos com alto consumo de energia. Nos telefones Pixel, há até um modo Extreme Battery Saver, que faz coisas como acelerar o desempenho da CPU e eliminar notificações de aplicativos pausados. Você deve evitá-lo na maioria das vezes, mas é uma forma de manter o essencial disponível e ao mesmo tempo priorizar o carregamento.

5. Desative rádios sem fio desnecessários

Modo avião no telefone Android, foto 1

Edgar Cervantes / Autoridade Android

Embora a tela e o processador de um telefone tendam a consumir mais energia, a tecnologia sem fio também pode prejudicar muito, especialmente se o seu telefone estiver constantemente baixando arquivos ou procurando redes disponíveis.

A maneira mais fácil de desativar rádios sem fio é ativar o Modo Avião, mas nem sempre é a melhor. Por padrão, isso desativa não apenas o celular, mas também o Wi-Fi e o Bluetooth, o que é obviamente um problema se você estiver usando fones de ouvido sem fio ou precisar alguns tipo de conexão com a internet. Talvez seja necessário reconfigurar o Modo Avião ou usar as Configurações Rápidas para desativar rádios individuais que você não está usando no momento. Se você estiver fora de casa, por exemplo, provavelmente poderá desativar o Wi-Fi, a menos que precise dele para pontos de acesso ou Android Auto.

6. Não use seu telefone enquanto ele estiver carregando

Já sugerimos isso em muitos aspectos, mas quanto mais você fizer seu telefone funcionar, mais energia ele consumirá. Encontre outra coisa para se ocupar, a menos que precise responder a chamadas e mensagens importantes. A pior coisa que você pode fazer é jogar um jogo 3D como Fortnite ou PUBG Mobile.

7. Mantenha seu telefone legal, mas não muito legal

A faixa de temperatura ideal para carregamento é entre 50 e 86F (10 e 30C). Para manter seu telefone nesse local ideal, pode ser necessário fazer coisas como retirá-lo da luz solar, colocá-lo próximo a um ventilador ou até mesmo retirá-lo do estojo, se for algo como uma carteira de couro. Lembre-se de que seu telefone também ficará mais quente naturalmente durante o carregamento, portanto, um telefone que já está a 85F, por exemplo, pode ser empurrado para fora da zona ideal.

Da mesma forma, pode ser necessário aquecer o telefone em algumas circunstâncias. Um caso que representa um risco no verão do Texas pode ser perfeito para um inverno em Ontário.

Você deveria comprar um novo carregador para o seu telefone Android?

mesa rita antes das 2

Rita El Khoury / Autoridade Android

Carregador multiporta, carregador sem fio, suporte vertical

Possivelmente. O importante é encontrar um adaptador de carregamento que corresponda ou exceda a potência máxima que seu telefone é capaz. Um carregador de 45 W será mais que suficiente para os telefones atuais do Google e Samsung, por exemplo, mas não permitirá que você explore os 80 W possíveis com um OnePlus 11, muito menos os 240 W do Realme GT 3. Com essas capacidades extremas, talvez você precise depender de um carregador personalizado e uma combinação de cabos incluída na caixa.

Nesse tópico, no entanto, é cada vez mais raro os fabricantes de telefones incluírem um carregador e, quando o fazem, ele pode ficar abaixo das especificações. Da mesma forma, nem todos os cabos USB são criados iguais, então talvez seja necessário verificar se aquele que você está usando está classificado para a potência que seu carregador pode fornecer. Um cabo inferior pode obstruir até mesmo o bloco de carregamento mais poderoso.


Perguntas frequentes

Existem muitas explicações possíveis, mas geralmente tudo se resume à potência do seu carregador, à potência do seu telefone e à quantidade de energia que ele está consumindo ativamente. Um carregador USB-C de 100 W, por exemplo, não fará nada extra se o seu telefone for capaz de apenas 25 W, e você só vai desacelerar ainda mais as coisas assistindo a vídeos ou jogando. O carregamento sem fio também é sempre mais lento do que com fio.

É difícil dizer sem detalhes, mas você precisará verificar novamente o carregador, o cabo, a fonte de alimentação e (se aplicável) a porta USB do telefone. Danos ou detritos podem estar interferindo. Se houver danos, você deve parar de usar o componente afetado imediatamente.

No caso de carregadores sem fio, pode ser necessário apenas reposicionar o telefone na base de carregamento. Com o carregamento com fio, tente desconectar o cabo USB e reconectá-lo – às vezes isso é o suficiente para solucionar problemas temporários.

De jeito nenhum. Os telefones modernos regulam estritamente a quantidade de energia que entra, portanto, quando o telefone recarrega, há pouco ou nenhum risco de sobrecarga ou danos à bateria. No entanto, você pode prolongar a vida útil da bateria do seu telefone se aproveitar um recurso como o carregamento adaptativo do Google Pixel, que mantém a bateria em 80% até você estar prestes a acordar.

É esperada uma quantidade básica de calor extra, uma vez que a energia flui a todo vapor de um local para outro, e qualquer coisa que não chegue à bateria será emitida como lixo. Por ser inerentemente ineficiente, o carregamento sem fio tende a gerar ainda mais calor do que o USB.

Dito isto, seu telefone ainda deve ser confortável o suficiente para ser tocado. Se estiver muito quente para segurar, pare de carregar imediatamente e procure por sinais de danos ou detritos. Se não houver nada, será seguro retomar, mas recomendamos encontrar maneiras de resfriar o telefone primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima